fbpx

Menu

Site desenvolvido por Ligado na Net :

Após audiências de custódia, alvos presos em operação da PF contra trama golpista seguem na cadeia

Presidente do PL, ex-assesores da Presidência e militar foram presos na quinta-feira (8). Operação Tempus Veritatis investiga articulação para golpe que invalidaria eleições de 2022.

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, os ex-assessores da Presidência da República, Filipe Martins e Marcelo Câmara e o militar Rafael Martins seguem na cadeia após a realização de audiências de custódia nesta sexta-feira (9).

Os quatro foram presos preventivamente na quinta-feira (8) durante a operação Tempus Veritatis, da Polícia Federal, que investiga a tentativa de dar um golpe de Estado no país e invalidar as eleições de 2022, vencidas por Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Apesar de estar submetido a uma prisão ilegal, desprovida dos requisitos básicos para a imposição da prisão preventiva, e após uma audiência de custódia realizada em desconformidade com os prazos estabelecidos pela legislação, o Sr. Filipe Garcia Martins Pereira continua privado de sua liberdade”, disseram os advogados de Martins em nota.

A defesa de Marcelo Câmara disse que vai pedir a soltura dele após análise dos atos. Já o advogado de Valdemar Costa Neto não quis se manifestar.

Quatro presos

Moraes havia determinado a prisão de quatro alvos da operação. Três foram presos durante a operação:

  • Filipe Martins, ex-assessor da Presidência da República;
  • Rafael Martins, tenente-coronel das Forças Especiais do Exército; e
  • Marcelo Câmara, coronel do Exército e ex-assessor da Presidência.

O quarto alvo, o coronel Bernardo Romão Corrêa Netto, estava nos Estados Unidos em missão. Segundo o Exército, tão logo foi publicada a decisão judicial, foram tomadas as providências para retorno do militar ao Brasil”.

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, também acabou preso durante a operação. Costa Neto era alvo apenas de mandado de busca e apreensão, mas a Polícia Federal o prendeu ao encontrar com ele uma arma de fogo ilegal e uma pepita de ouro oriunda de garimpo.

Fonte Por Márcio Falcão, TV Globo — Brasília

Após audiências de custódia, alvos presos em operação da PF contra trama golpista seguem na cadeia | Política | G1 (globo.com)