fbpx

Menu

Site desenvolvido por Ligado na Net :

Rebeca Andrade vai a 2 finais no Troféu Brasil, última competição antes dos Jogos de Paris-2024

Ginasta competiu apenas nas barras assimétricas e na trave; as finais do Troféu Brasil acontecem neste domingo

REINALDO REGINATO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDORebeca Andrade, medalha de Prata nas Barras Assimétricas durante os Jogos Panamericanos

Rebeca estreou na competição nas assimétricas, em que obteve uma nota final de 14.800, a melhor das eliminatórias

Campeã olímpica, Rebeca Andrade avançou a duas finais na noite desta sexta-feira (21) nas eliminatórias do Troféu Brasil de ginástica artística, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro. É a última competição da seleção brasileira antes dos Jogos Olímpicos de Paris-2024. Rebeca competiu apenas nas barras assimétricas e na trave. A ginasta costuma se poupar do salto e do solo em competições nacionais, e foi isso que aconteceu no Troféu Brasil. Rebeca estreou na competição nas assimétricas, em que obteve uma nota final de 14.800, a melhor das eliminatórias. Na sequência vieram Jade Barbosa, que fez 13.567, e Lorrane Oliveira, com 13 367. Na trave, Rebeca teve nota total de 13.767 e ficou atrás de Flávia Saraiva, com 13.767. As finais do Troféu Brasil acontecem neste domingo (23), a partir das 9h30. “O sistema de disputa do Troféu Brasil foi todo pensado tendo a Olimpíada em mente”, afirmou Hilton Dichelli Júnior, coordenador da seleção brasileira masculina.

“Será a primeira competição oficial no Brasil com aparelhagem da marca Gymnova, a mesma a ser utilizada em Paris. Procuramos reproduzir no Rio algo que os ginastas terão nos Jogos Olímpicos, de forma a proporcionar algum nível de adaptação.” “É incrível competir nos aparelhos que serão os dos Jogos, com os quais a gente não está acostumado”, afirmou Jade Barbosa ao Canal Olímpico do Brasil. “Este campeonato traz muitas oportunidades. É a chance de fazermos testes de alguns elementos nas apresentações.” No domingo, após as finais da competição, haverá o anúncio oficial dos ginastas que representarão o Brasil nos Jogos Olímpicos. São cinco vagas para o feminino e duas para o masculino, uma delas necessariamente de Diogo Soares.

Fonte Por Jovem Pan

Rebeca Andrade vai a 2 finais no Troféu Brasil, última competição antes dos Jogos de Paris-2024 | Jovem Pan