fbpx

Menu

Site desenvolvido por Ligado na Net :

Real Madrid vence o Cádiz por 3 a 0 e aguarda o Barcelona para soltar grito de ‘campeão’

Equipe merengue conquistará o 31º título espanhol neste sábado se o grande rival não vencer o Girona

Antonio Villalba/ Helios de la Rubia/Jesús Troyano/Real MadridBrahim Díaz e Bellingham comemoram juntos após o inglês marcar o segundo gol do Real Madrid contra o Cádiz

Brahim Díaz e Bellingham comemoram juntos após o inglês marcar o segundo gol do Real Madrid contra o Cádiz

Real Madrid venceu o Cádiz por 3 a 0 no Santiago Bernabéu, neste sábado (4), pela 34ª rodada do Campeonato Espanhol. Com essa vitória, o time merengue chegou a 87 pontos, liderando o torneio de forma isolada, e pode conquistar o 31º título nacional ainda hoje. O Barcelona, seu principal concorrente, está com 73 pontos e precisa pontuar para adiar a conquista do título pelo eterno rival. O jogo foi marcado pelo domínio do Real Madrid, mesmo com o técnico Carlo Ancelotti optando por escalar uma equipe de reservas, poupando os principais jogadores para a semifinal da Liga dos Campeões da Europa. No primeiro tempo, as chances de gol foram escassas, com destaque para uma oportunidade desperdiçada pelo Cádiz nos acréscimos.

No segundo tempo, a equipe visitante teve uma chance ainda mais clara de gol, mas Courtois defendeu o chute. Logo depois, o Real Madrid abriu o placar com Brahim Díaz aos 5 minutos. A equipe ampliou com Bellingham aos 22 minutos, após boa jogada de Modric e Brahim Díaz. Vinícius Júnior e Carvajal tiveram oportunidades de marcar, mas só aos 47 minutos o Real Madrid fechou o placar com Joselu. Com a vitória, o Real aguarda o resultado do jogo do Barcelona para saber se conquistará o título ainda neste sábado. No entanto, a equipe está focada na semifinal da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique, marcada para quarta-feira (8) no Santiago Bernabéu, após empate por 2 a 2 no jogo de ida na Alemanha.

Fonte Por Jovem Pan

Real Madrid vence o Cádiz por 3 a 0 e aguarda o Barcelona para soltar grito de ‘campeão’ | Jovem Pan